Language   

Chacun de vous est concerné [incl. Canzone del maggio di Fabrizio De André]

Dominique Grange
Back to the song page with all the versions


La versione occitana dei Lou Tapage
CANÇÃO DO MAIOCANSOUN DEL MAIG
Lutavam como se brinca
os filhotes do maio, era normal.
Eles tinham tempo
até para a cadeia;
a esperá-los fora ficava
a mesma raiva,
a mesma primavera.
Lotaven coma aquò coma se jua
Chaton de mai era normal
Lor avien lo temp decò per la galera
A lhi atender de fora arrestava
L’istesa rabia, l’istesa trista prima...
Ainda que o nosso maio
tenha dispensado sua coragem,
se o medo de olhar
lhes fez olhar para o chão,
se decidiram depressa
que não era sua guerra,
vocês não fizeram parar o vento;
lhe fizeram perder tempo.
Anque se noste maig
a fait a men del voste couratge,
se la paour de guerdiar
vous a fait guerdiar en tero,
s’el fuech a resparmiat
les vostes miloucentz,
anque se vous creietz poulitz
vous seitz l’istès baïnetz.
E se vocês se disseram,
"Não está acontecendo nada,
a fábricas reabrirão,
prenderão alguns estudantes";
convencidos quer era uma brincadeira
na qual teríamos brincado pouco,
vocês foram o instrumento
para nos fazer perder um monte de tempo.
E se vous vous seitz ditz
que la capito pas ren,
les fabriques estouarbarén,
aresteràn quarque studentz,
counvintz qu’era un juech
qu’avarem pas juegat gaire,
pruvatz pur a creire’s poulitz,
ma seitz l’istès baïnetz.
Se vocês deixaram agir
os profissionais dos cassetetes
para se livrarem de nós canalhas,
de nós marginais, de nós rebeldes,
deixando-nos, de sã consciência,
sangrar nas calçadas,
ainda que agora vocês não se importem,
naquela noite vocês estavam lá.
Anque se nous avetz sarat
les portes al moure,
la nuech que les panteres
nous mourdien lou dareire,
nous leissant en bouna fede
massacrar sur les marchapés
anque se vous ve ne fregatz,
vous aquella nuech èretz la-val.
E se nos seus bairros
tudo ficou como ontem,
e ficaram nos seus lugares
até as pedras nas suas vielas,
se vocês deram crédito
às "verdades" dos seus jornais,
não lhes restou nenhum argumento
para nos fazer ainda perder tempo.
E se dins els vostes quartiers
tout ès rencat coumo hier,
sense les barricades,
sense feritz, sense granates
s’avetz pres per boun
la veritat de la televisioun,
anque se vous sentetz poulits
vous seitz l’istès baïnetz.
O conhecemos muito bem
esse seu progresso fingido,
o seu comandamento:
"ame o consumo com a você mesmo";
e se vocês o respeitaram
até o ponto de absolver quem em nós atirou,
viremos outre vez às suas portas
e gritaremos ainda mais alto:
"Vocês não podem parar o vento,
só lhe fazem perder tempo;
vocês não podem parar o vento,
só lhe fazem perder tempo."
E se vous creietz que tout
ès ren coumo dron
perqu’avetz voutat
la sicuressa, l’aoutoritat,
counvintz de mandar via
la paour de chanviar,
venirem encara a vostes portes
e crierem encara plu fort
anque se vous sentetz poulits
vous seitz l’istès baïnetz,
anque se vous sentetz poulits
vous seitz l’istès baïnetz.


Back to the song page with all the versions

Main Page

Note for non-Italian users: Sorry, though the interface of this website is translated into English, most commentaries and biographies are in Italian and/or in other languages like French, German, Spanish, Russian etc.




hosted by inventati.org