Language   

Não podemos calar o que nos dói para lá do oceano (à memória de Juan Torres)‎

Luís Cília
Language: Portuguese


Related Songs

Guitarras como tristeza
(Luís Cília)
El pueblo unido jamás será vencido
(Quilapayún)
Soldadim catrapim
(António Pedro Braga)


‎[1976]‎
Parole di Manuel Correia
Musica di Luís Cília
Dall’album “Memória”‎

Memoria Luis Cilia

Canzone dedicata a Juan José Torres, conosciuto come “JJ” (Jota Jota), l’ “Allende” boliviano.‎
Militare di professione ma di sentimenti democratici, divenne presidente della Bolivia nel 1970 ‎grazie al sostegno di operai, contadini, studenti e dei settori di sinistra dell’esercito, ma neppure un ‎anno dopo fu deposto da un golpe fascista diretto dal generale Hugo Banzer. Scappato prima in ‎Perù, poi in Cile e infine in Argentina, il 2 giugno 1976 “JJ” fu sequestrato ed assassinato a Buenos ‎Aires nell’ambito del tristemente noto “Plan Cóndor”, il piano di coordinamento fra i regimi fascisti ‎latinoamericani e la CIA americana volto ad eliminare gli esponenti dei movimenti di opposizione ‎in tutta l’America Latina.‎

juan torres
Ficarás sempre connosco, companheiro.‎
Mais forte do que a morte permaneces
perto de nós e longe do dinheiro
que compra generais e arrefece
‎ ‎
a vida dos cobardes e vendidos.‎
‎ ‎
Perpassa um vento quente nos sentidos
dos que alargam a vida como um rio.‎
Não morrem nem jamais são esquecidos
apesar de torturados, perseguidos
‎ ‎
porque só longe do povo tudo é frio.‎
‎ ‎
Seguirás sempre connosco a nossa luta
Na Bolívia, no Chile, em toda a parte
onde a besta fascista põe a bota
e promove a traição a baluarte
‎ ‎
temendo desde já a sua derrota.‎
‎ ‎
Porque soubeste ser soldado do teu povo
sem nunca te afastares do seu calor,‎
e mais que general tiveste o posto
que cabe a cada homem lutador,‎
‎ ‎
segues connosco rumo a um tempo novo.‎

Contributed by Bartleby - 2012/2/24 - 15:43



Main Page

Please report any error in lyrics or commentaries to antiwarsongs@gmail.com

Note for non-Italian users: Sorry, though the interface of this website is translated into English, most commentaries and biographies are in Italian and/or in other languages like French, German, Spanish, Russian etc.




hosted by inventati.org