Lingua   

Erguem-se muros

Adriano Correia de Oliveira
Lingua: Portoghese


Ti può interessare anche...

As mãos
(Adriano Correia de Oliveira)
Canto da nossa tristeza
(Adriano Correia de Oliveira)
Em Trás-os-Montes à tarde
(Adriano Correia de Oliveira)


‎[1964]‎
Versi di António Ferreira Guedes, poeta portoghese.‎
Musica di Adriano Correia De Oliveira
Originariamente nell’EP intitolato “Menina dos olhos tristes”, in seguito nell’album “Adriano Correia De Oliveira” ‎del 1973 e nelle raccolte postume “Trova do vento que passa” e “Memória de Adriano” (ricordo che Correia de ‎Oliveira morì improvvisamente a soli 40 anni nel pieno della sua maturità artistica)‎

Menina dos olhos ‎tristes

Una speranza che condivido, che l’amore semini la rivolta prima che i fiumi si secchino…‎
Erguem-se muros em volta
do corpo quando nos damos
amor semeia a revolta
que nesse instante calamos

Semeia a revolta e o dia
cobrir-se-á de navios ‎
cobrir-se-á de navios ‎
há que fazer-nos ao mar
antes que sequem os rios

Secos os rios a noite
tem os caminhos fechados ‎
tem os caminhos fechados ‎
Há que fazer-nos ao mar
ou ficaremos cercados

Amor semeia a revolta
antes que sequem os rios...‎

inviata da Dead End - 11/12/2012 - 14:52



Pagina principale CCG

Segnalate eventuali errori nei testi o nei commenti a antiwarsongs@gmail.com




hosted by inventati.org